Dando as boas-vindas

Estou iniciando esse blog como resultado do projeto aplicado de conclusão do MBA em Marketing Digital. Minha mãe é quase psicóloga e havia me feito essa sugestão de transformar algo que me tivesse sido ruim em positivo. E, além de tudo, aproveitasse a minha habilidade com a escrita (pra algo de bom esse transtorno havia de servir hehehe).

Pra mim escrever é um prazer e ainda mais sobre uma temática que eu vivencio desde quase minhas três décadas de vida. É basicamente relatar minha experiência comportamental diária e tirar lições disso. Sim, eu percebo sinais já na infância, mas infelizmente não tive acesso à informação de maneira precoce e isso é quase uma regra. Sorte de quem ainda algum dia consegue ouvir falar do transtorno na vida adulta.

Eu sempre convivi com o transtorno do meu jeito, sem tratamento, e não foi nada fácil. A manifestação mais intensa dos sintomas se deu no início da fase adulta, cerca de 18 anos de idade, onde é justamente quando é recomendado o fechamento do diagnóstico.

Era insuportável. Você não aguenta estar dentro de si mesmo, te falta auto controle, auto cuidado. A percepção do mundo é surreal, é única, você acha que só você e mais ninguém enxerga o mundo daquela maneira. Hoje em dia eu consigo entender o motivo daqueles sentimentos, administrar melhor por compreender todo funcionamento e fazer tratamento. Mas ressalto aqui que o principal é a mudança interior. Nada vai funcionar se for um desejo de seus familiares, amigos, terapeutas. Somos nós e mais ninguém os responsáveis pelo nosso destino. O autoconhecimento é a chave da mudança. Espero poder vê-los em breve.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: